terça-feira, 28 de setembro de 2010

O Código Da Vinci


Sinopse:

Um assassinato dentro do Museu do Louvre, em Paris, traz à tona uma sinistra conspiração para revelar um segredo que foi protegido por uma sociedade secreta desde os tempos de Jesus Cristo. A vítima é o respeitado curador do museu, Jacques Saunière, um dos líderes dessa antiga fraternidade, o Priorado de Sião, que já teve como membros Leonardo da Vinci, Victor Hugo e Isaac Newton. Momentos antes de morrer, Saunière deixa uma mensagem cifrada que apenas a criptógrafa Sophie Neveu e Robert Langdon, um simbologista, podem desvendar. Eles viram suspeitos e em detetives enquanto tentam decifrar um intricado quebra-cabeças que pode lhes revelar um segredo milenar que envolve a Igreja Católica.
Apenas alguns passos à frente das autoridades e do perigoso assassino, Sophie e Robert vão à procura de pistas ocultas nas obras de Da Vinci e se debruçam sobre alguns dos maiores mistérios da cultura ocidental – da natureza do sorriso da Mona Lisa ao significado do Santo Graal. Mesclando os ingredientes de um envolvente suspense com informações sobre obras de arte, documentos e rituais secretos, Dan Brown consagrou-se como um dos autores mais brilhantes da atualidade.

Sobre o livro:

O sucesso de O Código Da Vinci é inquestionável. Sua História é incrível com bastante ação e momentos reflexivos, este livro trata de uma questão delicada, que é a religião. Apesar de não atacar diretamente, este livro questiona algumas afirmações da igreja, baseando-se em fatos históricos interpretados de forma diferente.
Eu gostei muito desse livro, apesar de muitos desaprovarem por seus questionamentos e suas fortes afirmações. Acho que nem tudo nesse livro deve ser  em consideração, mas com certeza deve-se refletir em relação a alguns questionamentos feitos por ele.

Nenhum comentário:

Postar um comentário